Temas Fechar

Está a tentar vender a sua casa, mas sem sucesso? – por Ana Lígia

22 de Abril de 2021
Créditos de imagem: Adobe Stock

"Eles confiaram em mim e eu tratei de tudo por eles. A verdade é que em duas semanas tínhamos o apartamento do João e da Ana reservado!"

Conheci um casal que já passou pelo mesmo. Tinham colocado o apartamento à venda, mas apesar de várias visitas de potenciais compradores não conseguiam vender o apartamento onde moravam. Foi então que me contactaram e tornaram-se meus clientes.

 

O João e a Ana pretendiam adquirir uma moradia numa zona residencial mais próxima dos seus locais de trabalho. O apartamento deles tinha um enorme potencial para venda, mas necessitava de uma apresentação mais cuidada. Contudo, devido às suas atividades profissionais, eles não tinham muito tempo para fazerem estas pequenas mudanças e reparações.

 

Lembro-me de lhes explicar a importância de como devíamos preparar o apartamento para ser apresentado ao mercado. Eles confiaram em mim e eu tratei de tudo por eles. A verdade é que em duas semanas tínhamos o apartamento do João e da Ana reservado!

 

Hoje estou aqui para ajudá-lo também a si, a vender a sua casa. Quer saber como? Então, tenha em atenção as seguintes dicas:

1- Sabia que a definição do preço correto, influencia no tempo de venda do seu imóvel?

Colocar o seu imóvel à venda por um valor desajustado é um dos erros mais comuns e que terá um impacto negativo na realização do negócio.

 

Por um lado, se pedir um valor demasiado alto, os compradores nem sequer vão olhar para o seu imóvel. Por outro lado, se o valor for demasiado baixo também irá perder compradores, pois a imagem que irá passar é que a casa tem algum problema.

 

Para definir o valor do seu imóvel, deverá considerar outros imóveis com as mesmas características à venda na mesma localização e outros fatores que possam também influenciar como:

 

  • Características do imóvel
  • Estado de conservação
  • Localização (como referido acima)
  • Áreas de lazer
  • Iluminação natural

 

» Leia também: Quer vender a sua casa? Conheça 5 fatores que influenciam o seu valor!

2 - A importância da realização de pequenos reparos e da apresentação do seu imóvel antes de colocar à venda

Créditos de imagem: Adobe Stock

Já deve ter ouvido a expressão: “A primeira impressão é a que fica.” - E a primeira impressão que os compradores têm do seu imóvel é a mais importante.

 

Se a primeira impressão for má, dificilmente resultará num pedido de visita ou num segundo encontro. Por outro lado, os compradores irão sempre desvalorizar o imóvel e consequentemente oferecer muito menos dinheiro.

 

Compensa sempre mais reparar as coisas que não estejam bem, do que fazer o desconto para que seja o comprador a arranjar.

 

É também fundamental que o imóvel esteja limpo e arrumado quer para as visitas, quer para a reportagem fotográfica. Um imóvel sujo e desarrumado passa a imagem de uma casa mais pequena e que não é estimada.

 

» Leia também: Home Staging: Porque é tão importante na hora de vender a sua casa?

3 - Como promover o seu imóvel para atrair mais compradores?

Agora que já definiu o valor do seu imóvel e o preparou para entrar no mercado, está na altura de o colocar online. Lembre-se, a primeira impressão é a mais importante! Invista numa boa reportagem fotográfica e num bom descritivo.

 

As fotografias são o primeiro contacto que os compradores têm com o imóvel e determinam muitas vezes se o comprador irá ou não solicitar visita.

 

É fundamental investir não só na limpeza e arrumação do imóvel como numa produção fotográfica que consiga transmitir as dimensões e mais valias do imóvel e resulte no "amor à primeira vista".

 

A descrição deverá ser pormenorizada, não só com as característica do imóvel como também com as mais valias da área envolvente, tais como: comércio, transportes disponíveis, acessos, serviços, escolas, etc.

4 – Está a conseguir conciliar os pedidos de visita com o seu dia a dia?

Infelizmente, muitos dos proprietários que optam por vender as suas casas sozinhos, têm as suas próprias atividades profissionais e logísticas familiares, que muitas vezes os impedem de ter disponibilidade e tempo de preparar o imóvel e mostrar a casa a potenciais compradores.

 

Os compradores quando estão interessados no imóvel, normalmente querem vê-lo com a maior brevidade possível e a dificuldade na realização da visita, fá-los muitas vezes optar por outros imóveis.

 

Por isso, é sem dúvida muito importante, ter disponibilidade de tempo para lhes apresentar o imóvel e responder a todas as dúvidas que podem ter.

5 – A importância de uma negociação imparcial

Créditos de imagem: Adobe Stock

Muitas vezes trata-se de um momento de grande tensão e emoção para o proprietário seja por se tratar de uma morada de família, por ter sido a sua primeira casa, etc.

 

A verdade é que ao estar emocionalmente ligado ao imóvel muitas vezes são criadas expectativas irreais relativamente à venda e o negócio, pode acabar por não se concretizar por falta de flexibilidade em pormenores menos importantes.

 

Por isso, é mesmo muito importante negociar de forma imparcial, para que seja justo para ambas as partes.

 

Agora que já conhece algumas das principais razões pelas quais não está a conseguir ter sucesso na venda da sua casa, convido-o a pesquisar um pouco mais sobre a Zome, onde seguramente encontrará um consultor imobiliário qualificado para o ajudar a vender a sua casa pelo melhor valor, no menor espaço de tempo e sem que tenha que abdicar do seu tempo junto de quem mais gosta.

"Eles confiaram em mim e eu tratei de tudo por eles. A verdade é que em duas semanas tínhamos o apartamento do João e da Ana reservado!"

22 de Abril de 2021
Autor:

Ana Lígia

Consultora Imobiliária HUB Porto CEC
Partilhar:
Publicações recentes
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter!
Copyright Zome Portugal® 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade Termos e condições Resolução Alternativa de Litígios