Temas Fechar

"Lealdade e ética são pontos que aprendi e que nunca pretendo mudar, com estes pilares bem presentes tudo o resto se aprende, estuda e melhora."

05 de Janeiro de 2022

Entrevista Bruno Miguel Maruta - novo Diretor de Expansão da Zome Internacional.

Bruno Miguel Maruta, atual Diretor de Expansão da Zome, partilhou connosco um pouco da sua história, da sua experiência no setor e dos objetivos e metas para o Departamento de Expansão. 

 

Quem é o Bruno Maruta?

 

Sou uma pessoa destemida, que procura sair diariamente da zona de conforto, à procura de novas experiências que tragam valor acrescentado. Sou pensativo e gosto de me pôr em causa dia a dia “fazendo uma reunião comigo mesmo”, pois só desta forma é para mim possível quebrar com o pensamento tradicional e criar soluções.

 

Leal aos princípios que me foram passados pelos meus familiares e pelos excelentes profissionais com quem tive o privilégio de me cruzar ao longa da minha carreira, acredito que a sorte dá muito trabalho. Sou apaixonado pela cultura empresarial Kaizen sempre orientado para a melhoria constante e contínua com a qual convivi vários anos e sou pai de 4 filhos lindos de quem muito me orgulho todos os dias.

 

Há cerca de 4 anos decidi regressar aos estudos e realizei uma pós-graduação pois senti a necessidade de reforçar os meus conhecimentos. Por isso considero que sou uma pessoa que pensa fora da caixa na criação de soluções, mas que sente que os processos ajudam na consolidação desses pensamentos.

 

 

O que não pode faltar na tua rotina diária?

 

Não pode faltar o meu treino matinal, acordar às 6h para iniciar uma corrida é fundamental para iniciar o dia e claro o café da manhã. Por último o fecho do dia, complementando as rotinas diárias e dando resposta em tempo útil às diversas solicitações a que um dia bastante preenchido obriga.

 

 

Fala-nos um pouco do teu percurso até chegar à Zome.

 

Ainda bastante novo no Verão fui ajudante de eletricista, aprendi bastante e foi a minha primeira experiência profissional ainda que em part time. Foi espetacular pois ainda hoje me serve em algumas tarefas domésticas.

 

Mais tarde iniciei nos automóveis, como vendedor inicialmente na Renault, mais tarde ingressei na Toyota a pedido por convite. Chegado à Salvador Caetano fui vendedor, chefe de vendas, coordenador local e mais tarde coordenador nacional com um departamento. Foi um percurso de 17 anos sempre ligado às marcas Toyota e Lexus, marcas que ainda hoje são uma referência para mim, onde o cliente está em primeiro lugar e tem um lugar de destaque.

 

Há cerca de 2 anos decidi mudar de ares e por convite lancei uma marca francesa em Portugal ligada ao setor imobiliário. Foi uma jornada interessante onde toda uma equipa de grandes profissionais, tivemos um sentido de missão e assim fizemos crescer uma nova marca no mercado.

 

Cresci profissionalmente porque dediquei toda a minha energia diariamente, aprendi a partilhar, ganhei conhecimento, tive o acompanhamento dos melhores profissionais e pessoas, fui simples na dificuldade. Sou feliz com a ética que me passaram, crio todos os dias o meu legado profissional.

 

 

Analisando o teu percurso profissional, qual foi a maior lição que aprendeste até hoje e que aplicas na tua forma de trabalhar?

 

Lealdade e ética são pontos que aprendi e que nunca pretendo mudar, com estes pilares bem presentes tudo o resto se aprende, estuda e melhora.

 

 

Tendo em conta a tua experiência no mercado imobiliário, o que te fascina mais neste setor?

 

Mais do que falar de imobiliário é conseguir estar neste departamento em concreto. Por um lado, tens a possibilidade de contribuir para garantir uma rede forte e muito resiliente. Criar e acompanhar a jornada do cliente é algo muito intenso, pois a compra de uma casa é de enorme importância na nossa sociedade. Por outro lado tens uma outra parte que são os indicadores e a racionalidade do próprio negócio.

 

Diria que estar numa área que consegue tocar nestes dois mundos, onde por um lado existe a emoção e por outro a racionalidade, é fascinante pois cada dia é um dia diferente e novo.

 

 

O que te motivou a aceitar este desafio de assumir a função de Diretor de Expansão da Zome?

 

Ter um projeto que eleva o Consultor Imobiliário, que lhe confere características únicas de conhecimento de mercado através de indicadores concretos e de informação em tempo real, de gestão do cliente sempre na procura da recomendação através de um de acolhimento profissional, com uma experiência digital e humanizada.

 

Isto é Paixão, é Dedicação, é Zome, pois a expansão é a principal área de crescimento e com isso cresce o número de pessoas a quem podemos ajudar a mudar as suas vidas, aliás é essa a grande frase que nos move: “mudar vidas juntos”.

 

 

Ter um HUB e pertencer a uma rede de franchising exige pessoas resilientes, trabalhadoras e profissionais. Qual é, na tua opinião, o papel da Zome no desenvolvimento desse perfil?

 

Não creio que seja um perfil, mas múltiplos perfis e múltiplas soluções, seja pela geografia onde vai investir no HUB, seja pela sua experiência ou até mesmo alguma transformação de vida e necessitar de adquirir conhecimentos para o novo negócio que vai arrancar com a Zome.

 

Compete a toda a nossa equipe da Zome Internacional avaliar, ajudar, criar valor e no final acompanhar esse candidato. Acredito verdadeiramente que teremos os melhores Diretores porque existe na Zome uma filosofia de família, assim sendo crescemos com diferenças mas com um objectivo comum. Não existem pessoas iguais nem perfis iguais, existe treino, garra, vontade e espírito de equipa, é isso que nos faz dar passos e evoluir no mercado.

 

 

O que é para ti fundamental para fazer parte da rede de franchising da Zome?

 

Isso mesmo, uma rede. Para saber estar em rede é necessário entender que se faz parte de algo maior que nos próprios, que existem outros elementos que tal como nós se fazem presentes no mercado. Respeito pelo próximo e pelos restantes elementos da rede a que chamamos de “família”. Ajuda, cooperação, amizade são valores que se fazem presentes numa rede que pretende conquistar o mercado.

 

Por vezes existe uma confusão entre ser cooperativo e ter valores pelo próximo com competitividade e ambição. Para mim são inconfundíveis: podemos e devemos ser competitivos e atentos dando sempre a melhor e mais rápida resposta ao cliente final pois ele sim no final pode avaliar o nosso trabalho e num formato bem simples, acreditando e confiando a sua escolha e ainda recomendando. Acredito que a única preocupação da Zome é olhar por e pelo seu cliente final, são eles que nos elegem como os melhores, como diz o presidente da Toyota, “estar no coração e mente dos clientes”.

 

 

Quais são as prioridades de Expansão da Zome para o próximo ano?

 

Temos vários desafios e todos para superar, queremos mais que duplicar o número de HUBS em 2022 no nosso país, ao mesmo tempo ambicionamos crescer em várias cidades de Espanha.

 

O Departamento de Expansão da Zome quer ir bastante mais além de Portugal e Espanha e agarrou um estudo que já se tinha iniciado anteriormente. Vamos capitalizar esse estudo, aprofundar e tudo fazer para ainda este ano arrancar e se possível inaugurar 4 capitais.

 

Por isso a nossa única prioridade e preocupação é fazer crescer a marca sem nunca por em causa o seu ADN, diria que crescer sustentável e consolidado são o tema da expansão.

 

 

O que distingue a rede de franchising da Zome e porque devem investir num HUB?

 

Porque temos uma proposta de valor, internamente criamos momentos de contacto até conseguir demostrar a cada candidato que a nossa proposta é a que faz sentido para ele. Queremos empresários felizes, para isso construímos uma jornada que percorrem com toda a equipe Zome Internacional. Não falamos de uma ferramenta especial ou de uma capacidade de fazer acontecer, mas sim de demostrar ao candidato que a jornada que preparamos para ele tem valor, é entendido e faz sentido. Diria que também neste particular não temos uma solução igual para todos, isso distingue a Zome.

Entrevista Bruno Miguel Maruta - novo Diretor de Expansão da Zome Internacional.

05 de Janeiro de 2022
Partilhar:
Publicações recentes
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter!
Copyright Zome Portugal® 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade Termos e condições Resolução Alternativa de Litígios