Temas Fechar

5 motivos para começar a investir na sua formação

08 de Outubro de 2020
Créditos de imagem: Adobe Stock

O que é para si a "formação"? Perda de tempo ou um investimento? Conheça 5 motivos para começar a investir na sua formação e na formação dos seus colaboradores.

“O saber não ocupa lugar” já diz o velho ditado tão conhecido e tão acertado. A formação é o pote de ouro que lhe dá as ferramentas de que precisa para dar o próximo passo na sua carreira.

 

Mas se é assim tão importante, porque é que algumas pessoas continuam a fugir a sete pés das formações dadas pelas empresas? Primeiro - porque não reconhecem o valor que está por detrás de uma formação. Segundo - porque as formações são muitas vezes obsoletas e os métodos utilizados chegam a ser entediantes.

 

Vamos desconstruir estas ideias? Neste artigo partilhamos consigo 5 motivos para começar já a investir na sua formação e fazer evoluir a sua carreira!

1 - A formação reforça conhecimentos e competências

Quantas vezes já sentiu que estava a fazer um esforço para mostrar as suas aptidões profissionais, mas não era reconhecido pela sua equipa? Frequentar formações relacionadas com a nossa área de trabalho ou formações complementares é também a melhor forma de conseguirmos o reconhecimento do nosso trabalho dentro da nossa empresa ou equipa.    

 

Para além disto, ao ter conhecimento de técnicas diferentes e ao estar especializado em determinada área irá tornar-se num elemento valioso e fundamental para todos. Quando procuramos aprofundar conhecimentos ou atualizá-los estamos a valorizar o nosso trabalho e a nossa profissão.

2 - O que tem feito para investir mais em si?

O desenvolvimento e crescimento pessoal não tem de ser um processo complicado, desde que saibamos por onde começar.

 

A atitude proativa de procurar desenvolver as suas competências participando em formações é um excelente primeiro passo: ao mesmo tempo que está a criar desafios para si próprio está também a fazer evoluir a sua carreira.

 

Apostar na sua formação abre-lhe portas para novas oportunidades e ajuda-o a ter menos receio de se aventurar por áreas profissionais que desconhece ou que saem da sua zona de conforto.

3 - Formação é um investimento, não um custo

Há quem ainda encare a formação como um custo ou um desperdício de horas de trabalho ou produção e não como um investimento com retorno - o que não é de todo um pensamento correto!

 

Formar pessoas é preparar o sucesso de uma empresa. Como? É simples: quanto mais qualificado for o trabalhador, mais produtivo se pode tornar e, consequentemente, mais rentável será para a empresa.

 

» Leia também: Talento e formação: assim se criam colaboradores de sucesso - por Hélder Ferreira

4 - Compreensão do negócio

Quantas vezes começou um novo desafio profissional e se sentiu um pouco perdido ou deslocado? A própria empresa tem a responsabilidade de o integrar na equipa e no próprio negócio, mas cabe também a si esta procura de informação para conseguir adaptar-se às suas novas funções e até mesmo, se for o caso, à nova área de trabalho.

 

É exatamente isto que a formação lhe permite: ter conhecimento de como funciona o negócio, de como funciona o mercado em que está a trabalhar. Perceber porque é utilizam determinados métodos e procedimentos, a lógica por detrás de cada processo.

Créditos de imagem: Adobe Stock

5 - Mais destaque no mercado

Encontrar um novo emprego é um desafio que exige muito da sua persistência, da sua força de vontade e, cada vez mais, da sua criatividade. Como é que, num mercado tão competitivo, pode ganhar mais destaque? Torne-se um especialista numa determinada área, procure desenvolver e aprofundar os seus conhecimentos num nicho mais específico.

3 ideias erradas para tirar já da sua cabeça!

“Já participei em algumas formações, mas falam sempre da mesma coisa”

 

Será mesmo? O tema até pode ser abordado várias vezes, mas acredite que irá ter sempre algo novo a aprender: ou porque o formador tem um método de explicação diferente que até o vai cativar mais e ajudar a reter melhor as informações; ou porque simplesmente está na hora de atualizar conhecimentos e ter uma formação sobre um tema que até já viu há uns anos atrás.

 

 

“Qualquer coisa serve, só tenho de cumprir as 40 horas de formação obrigatórias para os meus colaboradores.”

 

As pessoas são a matéria prima das empresas. São elas que movem o negócio e que vão definir a qualidade dos serviços prestados. Para além disto a formação e a qualificação dos colaboradores é um fator de diferenciação no mercado: mais qualificação é sinónimo de mais competitividade. Os colaboradores da sua empresa, ao terem conhecimento e experiência em determinadas áreas formativas estão preparados para desafios maiores.

 

Formações mais especializadas vão aumentar a fasquia de exigência e muitas vezes vão motivar os colaboradores a superarem os objetivos da empresa e os seus objetivos pessoais.

 

 

“Já sou Consultor Imobiliário/professor/marketeer/designer/cabeleireira (…) há muitos anos, já sei bem como fazer as coisas.”

 

Ninguém tem dúvidas de que os anos de experiência nos transmitem muitas aprendizagens, mas também ninguém tem dúvidas de que há sempre margem para melhorar, certo?

 

Para valorizar as formações que a sua empresa lhe oferece, tem de ter uma mente aberta e estar pronto para ouvir outras experiências, outros métodos, outras formas de fazer as coisas. Para começar a ir à procura de formações fora do trabalho, tem de ter de vontade de desenvolver a sua carreira, de se tornar um profissional melhor e, acima de tudo, tem de reconhecer que há sempre algo novo para aprender.

 

O que distingue a formação Zome de todas as outras formações do setor?

 

A nossa formação tem na sua base a utilização de técnicas de neurociência aplicada, o que quer dizer que é uma formação com métodos que ajudam a compreender bem os conceitos, memorizar informação de forma fácil e divertida, e mais importante ainda, a aplicar no imediato esses conceitos práticos.

 

Queremos fazer evoluir as nossas pessoas e por isso construímos uma linha de formações que acompanham os Consultores e o nosso Staff desde o primeiro dia. Faz parte deste currículo de formações a componente de tecnologia, legal e processual, na área de desenvolvimento pessoal e das competências de liderança, bem como desenvolvimento das capacidades negociais.

 

Para quem decidiu embarcar num novo desafio profissional no mercado imobiliário, ou para quem já trabalha como Consultor, a formação da Zome garante o apoio necessário para que se sintam mais acompanhados desde o início do seu percurso e com mais ferramentas para fazer crescer os seus negócios.

O que é para si a "formação"? Perda de tempo ou um investimento? Conheça 5 motivos para começar a investir na sua formação e na formação dos seus colaboradores.

08 de Outubro de 2020
Autor:

Catarina Pinheiro

Content Manager
Partilhar:
Publicações recentes
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter!
Copyright Zome Portugal® 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade Termos e condições Resolução Alternativa de Litígios