Temas Fechar

3 Dicas para tornar a sua casa mais prática e inteligente

26 de Agosto de 2019

Quer ter uma casa mais prática e inteligente? Conheça 3 dicas que o vão ajudar a realizar esse desejo.

 

Sentada numa cadeira antiga de madeira, a Dona Maria acompanhada pelo seu gato Chuvisco, abriu o jornal e o primeiro título que leu foi: 

 

“JÁ É POSSÍVEL CONTROLAR A ILUMINAÇÃO DA  SUA CASA ATRAVÉS DO TELEMÓVEL.”

 

Baixou o jornal, pousou os óculos de leitura e disse em voz alta: “As coisas estão mesmo diferentes, não achas Chuvisco?”. 

Ronronron. Chuvisco deliciava-se com as festinhas que a Dona Maria lhe fazia e com estes momentos que tinham os dois.

 

A Dona Maria era do tempo em que acordava todos os dias com os sinos da igreja da aldeia, onde cuidava dos animais da quinta e ia buscar lenha para aquecer a comida. Ela nasceu numa época onde havia pouca tecnologia e a que existia, era exclusiva para quem tinha muito dinheiro. Mas, tudo mudou muito e ela sabia disso. Lá em casa, ela agora tinha um aspirador robô. Um presente dado pela sua filha Catarina no último Natal.

 

- “Mãe, eu sei que tens andado cansada, mas este aparelho vai ajudar-te. Olha aqui, vou explicar-te como funciona.” - Disse Catarina entusiasmada enquanto lhe entregava o presente.

 

É verdade, a idade ia avançando e surgiram alguns problemas de saúde. Já não tinha a mesma energia e sentia mais dificuldade em realizar as tarefas domésticas, como aspirar a sala. A princípio a Dona Maria estranhou, mas a verdade é que apesar do Chuvisco não gostar do aspirador robô (fugia dele toda a vez que se aproximava), este aparelho tornara-se numa mais valia para manter a sua casa limpa.

 

gato-robot.jpg

 

 

Depois do aspirador robô, a Catarina ofereceu-lhe outras tecnologias, como o smartphone. Era tão bom ligar-lhe e falar com ela a qualquer hora do dia. Ela viveu numa galáxia não tão distante onde para enviar uma mensagem precisava de escrever uma carta que só chegaria ao seu destinatário dias/meses depois. Foi difícil adaptar-se a todas estas mudanças, mas atualmente já não conseguia viver sem elas. Assim como a Dona Maria, também nós nos tornamos dependentes das novas tecnologias.

 

Pare um pouco e imagine! Acha que conseguiria viver sem tecnologia? E não é só viver sem computador, ou sem telemóvel e redes sociais. É viver sem micro-ondas, sem aspirador do pó, sem frigorífico, sem máquina de lavar a roupa, entre outros aparelhos.

 

Sim talvez conseguiria, se viajar no tempo consegue perceber que em outros anos, nada disto existia e que as pessoas viviam na mesma. Mas, a vida era outra, o tempo era outro. Ah, o tempo! A tecnologia trouxe a velocidade. A velocidade trouxe a falta de paciência e a falta de tempo. É preciso transportar para a nossa rotina o conforto, a simplicidade e a rapidez.

 

Para dar resposta a estas necessidades surgiram as casas inteligentes.

Casa inteligente: o que é?

 

Antigamente, isto só era possível nos filmes de Hollywood. Contudo, grandes histórias inspiraram pessoas que criaram diversos equipamentos para tornar a casa mais moderna e eficiente. A casa do futuro “sente” os seus moradores, reconhece as suas vozes e torna a rotina muito mais prática.

 

Uma casa inteligente (ou Smart Home) é uma residência que incorpora sistemas de automação e de gestão remota que facilitam a vida dos seus moradores. Existe um leque diversificado de dispositivos no mercado que permitem controlar quase tudo a partir do smartphone, tablet ou computador.

 

Vamos dar-lhe três dicas para tornar a sua casa mais prática e mais inteligente.

Iluminação

 

As casas inteligentes valorizam as construções através da sustentabilidade. A automação da iluminação é uma tendência que está em crescimento e que permite proporcionar um ambiente agradável para cada espaço do lar e pode economizar até 30% da energia elétrica em casa.

 

Além da redução considerável do consumo, o morador pode sair de casa sem a preocupação de deixar as luzes ligadas. A gestão pode ser facilmente feita através de uma aplicação no smartphone.

 

  • DICA ÚTIL: Utilize lâmpadas inteligentes. Crie uma atmosfera mais aconchegante e mude as cores das lâmpadas para um tom mais quente.

Assistentes virtuais inteligentes

Créditos de imagem: Unsplash

 

“Alexa, que música é esta?” - Este é um dos comandos de voz da Alexa, uma das assistentes virtuais mais conhecidas do mercado, desenvolvida pela Amazon. Esta assistente tem a capacidade de interagir por voz, tocar músicas, configurar alarmes, dar informação sobre a temperatura e o trânsito, além de controlar outros sistemas e aparelhos inteligentes. Entre esta existem outras assistentes virtuais inteligentes, como a Assistente da Google e a Siri.

 

Diariamente surgem mais equipamentos, marcas e soluções. Diante de tantas opções, é importante que busque por tecnologias já consolidadas, nas quais existem investimentos de grandes fabricantes.

 

Os equipamentos com design diferenciado e minimalista além de serem mais práticos, complementam também a decoração e ganham um lugar de destaque nos espaços. 

 

  • DICA ÚTIL: Uma assistente virtual inteligente facilita o seu quotidiano. Além de tudo o que já foi mencionado anteriormente, através da aplicação do smartphone é também possível fazer outro tipo de pedidos como por exemplo, encomendar pizza.

Cozinha inteligente

 

As cozinhas também estão cada vez mais inteligentes. Já existem inúmeros aparelhos que tornam este espaço mais funcional e tecnológico. Um deles é sem dúvida, o frigorífico inteligente.

 

O novo conceito tem o objetivo de simplificar o processo de armazenamento e gestão dos alimentos em casa. Ao usar um sensor RFID, estes frigoríficos inteligentes mostram quais os produtos armazenados e apresenta diferentes informações tais como a marca, a data de validade e a quantidade. Essa informação é transmitida através da porta que integra um ecrã touchscreen. Com ligação à internet, é possível consultar receitas e outras informações sobre os alimentos.

 

  • DICA ÚTIL: Aposte em equipamentos que facilitam a sua rotina diária. Assim como já existem frigoríficos inteligentes, também já existem fornos que permitem controlar cozinhados sem abrir a porta.

 

Como vimos, é possível adotar dispositivos que tornam a sua casa mais inteligente, sem precisar de grandes projetos de automação. No entanto, se deseja realmente ter uma casa inteligente, existem empresas especializadas no assunto que estão a afirmar-se no mercado. Algumas oferecem sistemas personalizados à medida, de acordo com o tipo de casa e do seu quotidiano.

 

Quer ter uma casa mais prática e inteligente? Conheça 3 dicas que o vão ajudar a realizar esse desejo.

26 de Agosto de 2019
Autor:

Adriana Gonçalves

Redação Zome
Partilhar:
Publicações recentes
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter!
Copyright Zome Portugal® 2019. Todos os direitos reservados.
Política de Privacidade Termos e condições Resolução Alternativa de Litígios